OVNIs – Um Eterno Quebra-Cabeças?

Wilson G. de Oliveira

O monitoramento das instituições terrestres, religiões, governos, forças armadas, ciências, etc. por inteligências alienígenas é uma hipótese absurda  para o pensamento científico. Partindo da problemática ufológica, muito poucas hipóteses não o são. Além disso, a idéia de monitorar pode soar muito apropriada a regimes totalitários, o que torna o assunto assustador. Continue lendo OVNIs – Um Eterno Quebra-Cabeças?

COLETA DE DADOS EM UFOLOGIA

Autor: Paccelli M. Zahler

Resumo: Neste artigo, o autor sugere alguns procedimentos simples para obter melhores resultados quanto à coleta de dados, especialmente amostras de solo, listando equipamentos e procedimentos corretos nesse tipo de investigação e/ou pesquisa, bem como uma bibliografia curta, mas útil a quem possa interessar a ampliação do que está exposto neste artigo.

Abstract: In this article, the author suggests some simple procedures in order to get better results as for data collecting, specially soil samples, enlisting equipments and correct procedures in such kind of investigation and/or research as well as a short yet useful bibliography to’ whom it may concern as to an enlargement of what is exposed in this article. Continue lendo COLETA DE DADOS EM UFOLOGIA

Tabela de cores

Utilidades

Link para a imagem em destaque

Conversão de cores E-Paint

Se você deseja encontrar a cor padrão mais próxima para os valores L * a * b * fornecidos- click here

Os valores L * a * b * (juntamente com os correspondentes HLC, RGB e CYMK) são baseados em várias medições usando luz D65 com um observador padrão de acordo com CIE 1964. Eles não são necessariamente os números L * a * b * pretendidos por qualquer padrão e, portanto, deve ser usado apenas como um guia.

As cores descritas são também apenas para orientação. A cor exibida dependerá do monitor, do navegador e do ângulo da tela, e as cores metálicas ou peroladas não poderão ser exibidas adequadamente. A cor finalizada, portanto, pode não ser como mostrada aqui.

O sistema de conversão sRGS usado é IEC 61966: 2-1 D50 adaptado que pode diferir de outras conversões.